terça-feira, 30 de maio de 2017

Eu estou cansado...


Boa noite amiguinhos.

Sabe, as vezes é preciso parar de remar, desligar o motor. soltar a direção e deixar que o vento leve o barquinho para onde quer que seja. As vezes é preciso aceitar que não da para lutar contra a maré, contra todas aquelas águas ao seu redor, é preciso parar de insistir, de bater na mesma tecla.

Eu não sei se eu estou apenas cansado ou sem esperança.
Mas... Estou aceitando o que vier. Não estou dizendo que vou deixar que todos voltem a me chamar pelo nome do RG pq não vou, o fato de eu estar anunciando que não irei mais lutar, não significa que eu vou abrir mão daquilo que conquistei, pq o mundo pode arrancar toda a minha esperança e força, podem me deixar de joelho na história da vida, mas não podem me tirar aquilo que já conquistei.

Não, eu não estou tentando chamar a atenção de ninguém.
Não, eu não estou querendo que comecem uma vaquinha online por mim.
Eu não estou pedindo nem que me compreendam.
Não estou pedindo mais nada.

As vezes é preciso sair de cena, parar de fazer tanto barulho como fiz.
A vida continua e é preciso seguir em frente independente de como.

Estou muito cansado, muito mesmo.
Acho que se eu pudesse de alguma maneira, tirar a alma do meu corpo, deixar ela descansando por meses e só então pegar de volta, é isso que eu fari agora mesmo, mas as coisas não se resolvem assim, infelizmente.

Hoje fui no psiquiatra.
Precisava pegar outra receita para meu antidepressivo que logo acaba o q tenho em casa.
Pedi a ele que aumentasse a dose do remédio pq ta foda pra caralho aguentar as coisas que não podemos mudar. Ele negou.

Pedi a ele então um remédio para os ataques de ansiedade que ando tendo. Negou.
Um remédio para dormir, Negou tbm.

Eu disse pra ele que ele não entende como é difícil acordar todos os dias em um corpo que não é seu.
Morar numa casa onde te chamam no feminino o tempo todo.
Ter amigos que fazem piadinhas transfóbicas sem saber as consequências q uma brincadeira "inocente" pode causar.

E por favor ignorem meus erros de português, ok? Pq acabei de consertar ali em cima que eu digitado sem perceber "com sequencias" e sim eu sei q não é assim q escreve, é q eu to aqui digitando rapido e tenho uma preguiça da porra de voltar para ler tudo e corrigir tudo então simplesmente, ignore.

Eu sei que o mundo ta quebrado financeiramente.
Eu sei que tem crianças e animais morrendo de fome, literalmente.
Eu sei que tem pessoas sendo diagnosticadas com doença terminal.
Eu sei que tem pessoas enfrentando o falecimento de alguém que ama muito.
Alguém sendo diagnosticado com câncer ou AIDS.
Eu sei que tem um bilhão de situações piores que a minha.
Eu sei que reclamo demais por pouca coisa. Sim, tenho consciência de todas essas coisas e não, a ideia não é ser egoísta, mas eu tbm não quero que as minhas coisas sejam assim.
Eu faria qualquer coisa para mudar as coisas.
Se eu chegasse até a presidência, por exemplo, eu faria o possível para ser o homem que mudou a história do Brasil para sempre, mas não posso, sou apenas um cara, comum, que adora trabalhar, com muito azar no amor e em jogos rs.

É tão mais fácil resolver os problemas dos outros, a neura dos outros.
Pq não consigo acabar com a guerra dentro da minha cabeça?
Pq não consigo me aceitar de uma vez por toda?
Pq não consigo ajeitar as coisas? Calar os gritos?
Pq continuo criando barreiras?
Pq ainda deixo o medo me dominar?
Pq estou desistindo das coisas?
Pq fico criando momentos que da para as pessoas me machucarem com palavras?
Eu cheguei a dizer pro Psiquiatra que eu não aguento mais.
"Olha pra mim, estou acabado, nem dormir a noite toda eu consigo e ai fico o dia todo morrendo de sono e isso não pode acontecer pq eu preciso me manter no time do trabalho, não só pq eu sou completamente apaixonado por trabalhar onde estou hoje, mas tbm pq em casa somente eu e meu pai trabalha, perder meu cargo hoje seria mais complicado do que vc possa imaginar"
E mesmo assim ele não ajudou.
Perguntou dos meus planos, eu contei, disse que vai por meu nome social no prontuario dele, mas isso não muda nada pra mim.
O que me conforta é que eu ainda consigo enganar com as minhas risadas, com as brincadeiras, eu ainda continuo disfarçando bem. Ok, em alguns dias as pessoas percebem q não estou legal, mas nesses dias são os q eu to pior do que minha cara aparenta.
Pq tem q ser tão complicado assim?
Se eu não estou fazendo nada de ruim a ninguém, não estou matando, não estou roubando, não estou fazendo nada que prejudique alguém, pq tem que continuar sendo assim?
Pq matam os trans se não estamos fazendo nada pior?
Enquanto os politicos roubam seus dinheiros, querem tirar suas aposentadorias, vc perdem tempo julgando como nós vamos viver nossas vidas, consegue entender o quão ridiculo é? Enquanto inocentes estão morrendo, politicos estão nadando no dinheiro que vc trabalha todo santo dia pra ganhar.

Mas agora to assim, ligando o foda-se.
Quase consegui parar de fumar pra começar a correr, mas então me dei conta pra que parar?
Quase comprei roupas novas para andar mais arrumadinho ou achar um estilo que combina comigo. Pra que?
Quase entrei em uma dieta pra emagrecer, quase peguei firme na academia.
PRA QUE?
Quase achei que eu teria forças o suficiente para vencer todas as barreiras. Pra que?

É engraçado que agora... POR EXEMPLO:
- Putz fiquei sem grana antes do fim do mês. Ah td bem foda-se.
- Putz minha camisa favorita rasgou. Ah ok.
- Putz o carro quebrou. Ah faz parte.
- Putz não tenho grana pra comprar aquele jogo foda. Ah dane-se.
- Putz engordei e agora to usando 46. Ah é a vida.
- Putz meu dente caiu. Ah acontece.
- Putz fulano ta magoado cmg. Ah ok.
- Putz meu namoro esta chegando ao fim. Ué normal.
- Putz minha família estão brigando de novo. Ah novidade né.
- Putz bebi demais e agora to mto mal. Faz parte.
- Putz errei feio no trabalho. Ah ok.

Estou querendo dizer que as coisas já não me afetam mais tanto como antes.
Estou querendo dizer que eu não culpo ngm pelo meu fracasso nessa guerra.
Estou querendo dizer que não se pode ganhar todas.
Estou querendo dizer que amo minha familia apesar de eu não poser sem quem realmente sou na frente deles.
Estou querendo dizer obrigado a todos que me apoiaram, me deram forças, vibraram e torceram por mim.

Estou querendo dizer que sábio é aquele que sabe a hora de sair de cena.
Que o plano agora é focar no trabalho, fazer as coisas da melhor maneira que posso, tentar sempre melhorar ainda mais, pagar as contas que são do meu dever e viver na simplicidade da natureza do humano. Pq este não é o fim e as vezes é preciso dar um tempo.

Eu deixo aqui um abraço a todos os parentes que respeitam meu nome social.
Um abraço mais forte ainda para a minha mãe que tem se esforçado bastante para tentar me entender, me ajudar e fazer o que lhe for possível.

Um abraço para a Letícia que tem me aturado todo santo dia, coisa q não é fácil, pq eu tenho chorado muito no ouvido dela e coitada, sempre tentando me animar, me ajudar a levantar do chão.

Um abraço para a Lisbeth que tbm tem tido muita paciencia comigo, mais do que eu esperava.
Um abraço a todos do trabalho que respeitam minha identidade sexual e me tratam como o homem que eu sou.

Um abraço ao meu primo advogado Sergio que tentou me ajudar em relação a mudança de nome na documentação, a filha do meu ex-cirurgião Zé, que topou fazer minha mastectomia se eu tivesse ido em frente.

Um abraço a todos de uma forma geral, pq seja indiretamente ou diretamente, todo mundo me ajudou nessa nova história da minha vida.

E um forte abraço aos que conseguiram realizar seus sonhos, que chegaram lá e completam a transição, pq tiveram que ter uma força tão grande que eu mesmo não tenho.
Vamos seguir em frente.

Até pq eu to com sono e preciso dormir que amanhã nós trabalhamos cedo para que os poderosos possam arrancar nossa paz e nosso dinheiro suado.

Pq eu tenho que carregar tudo?
Gordo, surdo, baixinho, burro, feio, já falei surdo né?
Pq me mata as pessoas que não querem repetir o suficiente para que eu possa entender as coisas.

Eu me sinto como na imagem abaixo e não fiquem com raiva, a única coisa q mudou é que coloquei a vida no automático

.

Deixando a vida me levar...





segunda-feira, 29 de maio de 2017

Pausa l>



Boa tarde amiguinhos.

Hoje começo dizendo que até os melhores soldados precisam dar uma pausa, respirar fundo e sumir através do silêncio.

Ou seja, não estou dizendo que desisti de buscar a minha felicidade para sempre.
Não estou dizendo que desisti de encontrar a paz ou que me acostumei com o inferno q vive dentro de mim, muito menos estou dizendo que a gritaria dentro da minha mente acabou.

É uma pausa. Uma breve pausa ou pelo menos eu espero que seja breve.
Estou cansado de tentar mudar aquilo que não depende só de mim.
Por exemplo...

Como eu disse no post anterior.
Eu quero muito mudar meu nome em todos os documentos, mas como fazer isso com uma avó que não entende e nem nos da oportunidade de tentar explicar. Eu poderia então jogar a merda no ventilador, ligar o foda-se e ir atrás disso. Mas eu realmente não acho que seja justo, pq eu fico 90% fora de casa, não sou eu quem vou ter q ficar aguentando as neuroses dela, o fanatismo ridiculo que ela tem por religião, não estou desrespeitando a religião, só acho muito ridículo alguém ser fanático com alguma coisa, pq o fanatismo não faz bem a ngm independente do q seja.

E então tem a cirurgia da retirada dos peitos. Até tentei enfiar o medo de morrer no cu, mas infelizmente não é assim que funcionam as coisas. Aos 17 anos fiz a redução e se eu soubesse o que eu sei hoje, já teria tirado tudo de uma vez, até pq eu era saudável demais e não tinha qualquer risco. Hoje, que desejo essa cirurgia dia e noite, não estou nem perto de ser saudável. Fumo pra caralho, bebo pra cacete além do colesterol alto e blá blá blá, sedentarismo, etc.

Sim, eu sei o que vc esta pensando, eu posso mudar tudo isso. Mas me diga, meu caro eleitor, vc já ficou em abstinência em uma fase da vida onde vc tem diversos ataques de ansiedade? eu posso até zerar todos os meus vícios, mas ainda assim não consigo acreditar que as chances de morrer na mesa de cirurgia cairiam para zero, mas ok. Pq ainda tem o fato de que o PT cagou no país, estrangulou, matou e arrebentou de um jeito quase impossível de arrumar, o PT acabou com o Brasil, então, eu fico com um pé atrás de pedir empréstimo ao banco, pq eu odeio dever para alguém e imagina só (Deus me livre) se um dia eu viro um cidadão desempregado? To fudido! Ou imagina morrer e nunca mais ver as pessoas que eu amo muito. Acho que o medo e o desespero não podem ser colocados em palavras, bom, pelo menos eu não sei fazer isso.

Ai tem a terapia de hormônios e de novo pergunto como se faz isso com uma avó fanática por religião morando com vc, pq sabe quando vc ama muito uma pessoa, mas já não tem mais a paciência do mundo? Quando você ama uma pessoa, mas não consegue mais ficar por perto? Então... Eu a amo muito, mas muito mesmo, mas não da mais pra ficar ouvindo as chatices dela sobre seu fanatismo ou seja, as vezes, é mais fácil optar pelo caminho livre das pedras e obstáculos.

Se pelo menos ela descontasse em mim todos os meus erros ficaria bem mais fácil.
Mas tem dias que nem quero voltar pra casa pq esta uma zona de guerra, pq eu iria piorar mais?
Pela minha felicidade? Para isso eu precisaria acreditar que mereço tudo isso e não, eu não mereço, nem adianta tentar vir me convencer disso, pq acho que algumas pessoas já nascem sabendo que viverão sozinhos e infelizes para sempre e quer saber? Tudo bem, tudo muito bem mesmo, de verdade. Não podemos ter tudo aquilo que gostaríamos de ter na vida e quem sabe eu ainda tenho que sofrer muito com essa história para aprender na vida, para quem sabe pagar os meus pecados de uma vida q eu não lembro, sei q td tem uma razão, só não sei ql a minha ainda, mas sei q ela esta lá e não me importo em morrer sozinho, mas me importo muito com as pessoas que eu amo e acabo deixando para trás, ou seja, as vezes tem q se conformar com o q tem e seguir em frente.

Estamos dando uma pausa amiguinho.
Quem sabe algum dia eu encontre um motivo para lutar novamente como lutei antes.

Não fiquem desanimados, não estamos nem próximos do fim.

Obrigado.



domingo, 28 de maio de 2017

O papo hoje é pra baixo sim


Boa tarde amiguinhos.

Como vocês estão?

Algumas pessoas vão reagir a esse post assim: Ah! vc sempre fala isso.
Outras: Larga de ser idiota, continue.
E outras: ah só quer aparecer.

Bom, eu não sei se é pq estou pra baixo hoje, com sono, com a pressão alta ou se apenas a ficha caiu. A verdade é que desisti.

Calma gente, calma!! Deixa eu explicar.

Não é da vida q eu desisti, não se preocupe com isso, pq eu amo viver.
Desisti de ir atrás da transformação ftm (femele to male), ah vamos ser um pouco sinceros vai.

Talvez não seja uma boa pedir empréstimo ao banco, já pensou de algum mês desses eu perco o emprego? É de foder com qualquer um né, com o país quebrado talvez não seja a hora de investir em um plano tão grande. E como já falei aqui n blog, vou repetir, esse lance de pedir caixinha para as pessoas pela internet "doe qto $$ vc puder para ajudar na mastectomia do..." eu não acho justo, pq as pessoas tem suas contas para pagar, necessidades, tem suas vidas e esse é apenas um sonho particular, acredito muito que a pessoa tem q lutar e fazer acontecer, por merecimento q tem q acontecer, porque por mais q vc jure q vai devolver cada centavo, as coisas nunca saem do jeito que planejamos. E além da barreira da falta de dinheiro tem tbm o medo de morrer né.

Sobre mudar de nome no registro... Como se faz isso quando se mora com uma avó fanática por religião? Fanática mesmo, a ponto de ficar vendo programas all time sobre isso, só saber falar disso, só respirar isso. Não sou contra nenhuma religião que pratica o bem, apenas não acho saudável ser fanático em nada no mundo.

Ai vem a terapia de hormônios, que se eu pudesse começava hoje mesmo, mas eu tenho peitos do tamanho de Marte, barba e seios seria pedir para apanhar de uma sociedade que a cada ano q passa fica mais intolerável e desagradável e tbm tem o q? Quem sabe levanta a mãozinha! Ngm? A VÓ FANÁTICA POR RELIGIÃO. Pq ai depois ela tem um treco, fica a família toda culpando vc, por simplesmente ter tentado seguir sua vida.

As vezes, deitar a cabeça no travesseiro no final do dia, com a consciência tranquila, fechar os olhos e imaginar como teria sido sua vida se vc tivesse ido em frente seja bem melhor do que bater de frente com esse planeta ridículo e preconceituoso. 

Então, 

Aceitem meus amiguinhos, as vezes é melhor parar de tentar nadar contra a maré.
E aquela guerra toda, as gritarias dentro do meu cérebro, as loucuras dentro dos meus olhos, oras, eu posso lidar com isso sozinho, não se preocupem.

Abraços.



Hoje pela manhã...



Bom dia amiguinhos.

Ótima sexta para todos vocês com esse sol brilhando no nosso dia, que domingo seja assim pq eu quero ir no parque andar de skate, se é que eu ainda sei fazer isso rs.

Bom, hoje falaremos sobre ontem de manhã, ok?
A foto ai em cima é da Paulista, não fui eu quem tirei, achei no Google, peguei essa por ser a que mais se parece com ontem de manhã, além de um frio louco estava uma neblina...

Eu estava indo ao médico, infelizmente, ao ginecologista. Vamos ser sinceros, homens trans também precisam se cuidar querendo ou não. Não sei dizer direito, mas parte de mim teve esperança de que pelo menos desta vez eu não ficasse mal.

De inicio avisei a recepcionista para me avisar quando a médica estivesse me chamando. Se ela avisou avisou muito mal, pq a menina que estava do meu lado que me avisou que eu estava sendo chamado e ainda chamado pelo nome que consta no RG, mas ok.

E lá se vai a conversa:
- Pq a senhora esta aqui?
Corrigi apenas com meu pensamento: Senhor...
Acabei respondendo: Pq estou menstruando uma vez por ano. Não que eu queira menstruar todos os meses pq sou transexual, mas quero saber se isso pode me causar algum problema no futuro.
Ela: Qual seu nome?
Eu respondi.
Ela: Não, qual seu nome no RG.
Eu repeti a resposta.
Ela com cara de confusa: Você é trans...
Eu: Homem transexual. Transitando de mulher para homem.
Ela: Ah sim, achei que fosse o contrário.
Eu apenas pensei: Oi? Uma mulher transexual menstrua? Deixa pra lá, pelo menos ela entendeu.

Ai vem aquelas perguntas ridículas:
- Você já transou com homem? (Não senhora - Menti sim, sabe pq? Pq todas as ginecologista que passei, não importa se fiz sexo fazem 18 anos desde a última vez, elas praticamente obrigam a fazer o papanicolau, não tem respeito nenhum, consideração nenhuma e nem querem saber se homem trans da história se sente desconfortável com isso, vindo com aquele trem para colocar em vc e ainda ficam brava pq vc não relaxa para que ela possa colocar todo o negócio cujo nome não lembro agora, é super desconfortável, é horrível, deixa qualquer homem trans muito mal, então sim, eu menti e sei que toda a mentira tem consequências, mas menti e mentiria de novo sim senhores.

- Já teve penetração vaginal com algum brinquedo, dedo, algo assim? (Não - Isso eu não menti pq eu não sou chegado nisso nem na época que eu achava que eu era uma garota lésbica)

- Já tentou ter relação com homem? (Não - Essa mentira foi complementar da primeira)

- Então você é virgem? (Mais do que muita gente diz ser - Infelizmente só mentindo para nos livrarmos de um momento que pode nos marcar para sempre, pode nos deixar muito mal conosco mesmo)

Então ela queria examinar meus seios, sim, eu ainda tenho seios.
Eu precisei tirar força do cu para deixar, mas deixei.
"Ah da para ver que você já fez cirurgia" - Sim, redução de mama quando tinha 18 anos por isso que essas cicatrizes estão ai.
"Ah, pq não tirou tudo de uma vez?"
"Pq a vida é tão simples né doutora?"

E na conversa inteira que teve na consulta, ela me tratando no feminino, me tratando como mulher e eu fico pensando, gente, quando a pessoa sabe que você é trans e mesmo assim não respeita sua identidade de gênero é ser muito... IMBECIL para não dizer pior. Bom, pelo menos se alguém chega em mim e fala que é trans eu super respeito, nunca tive dificuldade com isso, se a pessoa quiser ser tratada como um coelho, por exemplo, eu trato de boa, gente, cada um é aquilo que quer ser, que se sente bem, que se identifica, pelo amor de Deus, daqui á 3 anos é 2020 e não estamos evoluindo em quase nada, é deprimente isso, sério. O Brasil não vai mudar nunca não? Não pode ser exemplo para os outros países?

Eu sei que eu sai de lá muito mal, o conhecimento profissional dela é muito bom e finalmente alguém atendeu o meu pedido de me dar uma guia para fazer o exame de testosterona, veio embutido em um comentário "vc não precisa fazer terapia de hormônios masculinos" mesmo sem me conhecer, mas ok. Estou ansioso para fazer esse exame. Eu sai tão ruim de lá que esqueci até de pegar o atestado...

Sei lá, na minha mente, é tão fácil respeitar a identidade de gênero, não sei pq as pessoas tem tantas dificuldades, pequenas palavras fazem uma diferença enorme, mais do que podem imaginar.

Por exemplo, tenho uma colega, que prefiro não identificar pq não sei se posso, mas uma vez estávamos conversando, não lembro o que ela disse, só lembro que eu respondi: meu ovo. E só ela entendeu a importância da respostas, os outros são babacas o suficiente para responder "só se for de kinder ovo" ou "vc não tem ovo" e por ela ter conseguido me enxergar além do corpo de mulher que ainda tenho ela já merece meu respeito, assim como os moto-ronda de onde trabalho, eles me tratam como o verdadeiro homem que eu sou.


Estou escrevendo esse texto desde quinta-feira, pq o "hj pela manhã" na vdd foi na quinta, mas perdi o rumo e o foco...

Até breve amiguinhos.





quinta-feira, 25 de maio de 2017

Super pop de ontem a noite


Boa tarde amiguinhxs,

Me perguntaram sobre o que eu achei do quadro de transexualidade que foi ao ar ontem no programa super pop na rede TV, que teve convidados conhecidos como Tereza B. e Léo Áquilla. Gente, quem sou eu para julgar? Eu acho que cada um tem que ser feliz do jeito que quer, viver a vida da melhor maneira possível. Quem são vocês para julga-los? Não só aos três que estavam no programa ontem mas como todo o resto de trans do mundo!

Olhando para T. Brant, Rangel e para a Léo eu vejo que são pessoas felizes e devem continuar para sempre do jeito que torna a vida mais fácil, seguindo pelo caminho que torna a vida mais doce. É isso ai o que eu acho.

Conheço algumas pessoas que reprovam T.B pq tem hora que elx fala q é mulher, hora homem e que isso suja a imagem dos transexuais. Bom, na minha opinião pessoal, quem me conhece sabe o que eu sou, sabe meus sonhos e metas, não levo em consideração quem me julga comparando com outro trans, simples assim.

TB pode ser homem, mulher, o que quiser ser, mas não interfere no que EU sou.

Eu não assisti todo o programa, apenas peguei alguns pedaços no site e a primeira coisa que me veio a cabeça quando vi os três sentados la foi: Eu nunca chegarei aonde eles chegaram, mas eu estou realmente muito feliz pq eles conseguiram chegar lá.

É só isso o que tenho a dizer :)

terça-feira, 23 de maio de 2017

A pessoa mais importante da minha vida


Mãe...

Hoje resolvi reservar esse espaço para falar da minha mãe. Para que não fiquem duvidas, para que não fique impressões ou opiniões erradas.

Minha mãe é a pessoa mais importante em todo o mundo.
A pessoa que eu mais amo nesse universo.
A única pessoa que eu faço questão de ter sempre ao meu lado.

Se tivemos momentos ruins? Quem que não tem.
Ainda mais quando o filho não segue pelo caminho em que a mãe tanto sonhou e planejou.
Tivemos momentos ruins sim, mas hoje posso falar com todas as forças de cada palavra que superamos isso e estamos bem agora. Estamos muito melhor agora do que nunca tivemos em alguma outra época da vida e eu não imaginaria ninguém sendo melhor mãe do que ela é pra mim.

Ela nunca me deixou faltar nada, nem quando criança, nem agora.
Eu achei que quando me assumisse como transexual eu teria perdido ela para sempre, mas ela conseguiu entender que a transexualidade não se escolhe, não é uma opção e se não fosse os meus problemas que tenho comigo mesmo, talvez até conversaríamos mais abertamente com ela sobre o assunto.

Eu me lembro quando era criança, bem novinho, todo o lugar que tinha que ir eu iria só se ela fosse junto. Na escolinha eu só ficava se ela ficasse junto. Lembro de ser muito grudado a ela, acho que sou até hoje. Eu lembro de um breve momento em que iam levar a minha tia na rodoviária e me chamaram para ir junto, eu lembro que eu queria muito ir, mas não iria jamais sem ela e chorei demais pq eu queria q ela fosse junto e ponto final. Acho que mãe é a única pessoa em nossa vida que não podemos substituir, bom, pelo menos para mim a ausência da mãe é a unica insuportável, Pq a mãe é como a nossa outra metade do coração que junto nos deixa completo.

Eu me lembro na adolescência que eu infernizei ela para ter meu primeiro computador e ela moveu o mundo para que eu tivesse um. Não tenho reclamação, não tenho nada de negativo a dizer e não quero ninguém pensando que as coisas estão ruim.

Ela é uma mulher simples com um coração de ouro e eu tenho muito orgulho dela, sempre vou ter.
E a cada dia que passa eu a amo mais ainda e queria muito que ela fosse eterna.
Nós não somos apenas mãe e filho, somos amigos também e isso me deixa feliz.

Eu não consigo idealizar outra mãe pra mim.
Eu não quero outra mãe pra mim se não ela.
Eu não posso e não quero imaginar a minha vida sem ela.

E ela sempre estará no topo da minha vida.
Eu a quero sempre participando da minha vida.

Se você me acha um bom cara, leitorzinho, saiba que é graças a ela que me ensinou a ser o que sou hoje. Não tenho muitas palavras a dizer sobre isso, pq quando o amor não sabe em palavras não da para guarda-lo nem em um pote de vidro com tampa.

Muito obrigado mãe, absolutamente, por tudo.

Pedro.

domingo, 21 de maio de 2017

Com certeza!!! Eu sei quem sou!!


Boa noite amiguinhos.
Faz um tempinho que não venho postar, acho que usei esse tempo para pensar mais nas coisas, refletir mais sobre tudo. E você deve estar pensando em qual conclusão eu cheguei, pois bem, eu vou te dizer: Nenhuma. Acho que uma vida nunca será livre de perguntar e nem todas elas terão uma resposta.

Estive mal nos últimos três dias. Eu realmente estive mal.
Não adianta você acabar de ler isso e me enviar um whats perguntando o pq, um sms ou uma ligação ou até mesmo perguntar no chat do facebook, até pq essa joça não funciona mais no meu celular e eu tbm não sei pq, deve ser pq o WP ta cada vez mais ruim, sei lá.

Enfim, hoje tirei o dia pra pensar no pq eu estava ruim, topei ir no shopping com meu primo e namorada, tomei um milkshake, fumei, comprei uma camisa do jeito q gosto e absolutamente nenhuma resposta veio para a minha mente. Observei muito as pessoas ao meu redor, voltei andando na chuva, aproveito o silêncio do fim do domingo, ouvindo apenas as gotas caindo sobre os carros e ainda assim nada me veio a mente.

Mas não desisti. Continuei pensando, pensando, pensando. Fumei pensando, joguei vídeo game pensando, jantei pensando, assustei com a queda de energia pensando e se vc quer saber, ainda estou pensando. Então talvez as próximas linhas não faça nenhum sentido para vc leitor, até pq muito provavelmente serão assuntos aleatórios...

Enfim...

Não lembro se foi ontem ou hoje mais cedo, mas lembro da minha mãe falando que a novela esta me fazendo mal. Ela não esta, até pq tudo o que a Ivana esta passando eu já passei, a unica diferença até agora é que ela contou aos pais que a psicologa queria falar com eles e eles apareceram, no meu caso, nunca contei a minha mãe, na época eu não achava que seria uma boa coisa, na verdade continuo não achando uma boa idéia, mas ok.

O outro comentário dela foi que supostamente eu estaria igual a Ivana em termos de "confusa". Bom, quero deixar algo aqui bem claro, muito claro mesmo, pq já encheu eu ter q ficar falando isso todas as vezes. Eu não estou confuso, ok? Eu sei quem eu sou, eu sei que sou um homem por dentro, eu sempre soube e sempre saberei. Eu não tenho nem meia duvida quem dirá uma duvida inteira e eu não acho que a Ivana esteja confusa, acho que ela apenas ainda não entendeu o que ela é, descobrir-se é o passo mais difícil, não estou dizendo que os outros serão fácil pq eu estaria mentindo, são difícil tbm, mas descobrir-se suga a alma da gente, muitas pessoas não precisaram passar por isso, já sabiam, já tinham todas as informações e ponto final, outras como eu já tiveram que andar pelos caminhos das pedras e acredite leitor, tudo bem ir por qualquer caminho desses, o importante é continuar andando para chegar onde precisa chegar. No topo!

Então resolvi postar esta noite sobre as coisas que eu ACHO que me deixaram assim esses últimos três dias. Eu apenas acho, não tenho certeza, ok?

Estou casando e antes que vc diga para eu ir deitar e descansar até pq amanhã começa outra semana, eu te peço para me deixar terminar de falar, ok? Eu estou cansado por dentro e até onde eu sei ñ tem como descansar a alma. Algumas pessoas falam nessas coisas religiosas, só que não estou no meu momento para tentar isso. Sabe, eu realmente estou muito grato, de uma maneira que eu não consigo colocar em palavras, que minha mãe esta começando a entender as coisas, tá começando a entender que isso não é uma escolha, esta começando a tentar entender, não digo aceitar, mas tentando parar de lutar contra isso, entende? Pq eu sei que para ela tbm é muito dificil, acho que para qualquer pai ou mãe deve ser e eu estou muito orgulhoso ver ela tentando e esse foi o meu melhor presente de aniversário que recebi.

Mas sei lá...
É estranho.
Quando estou na rua com meu irmão e namorada não me sinto a vontade de falar com eles no masculino e olha que eles já mostraram que não tem preconceito, tenho certeza que quando gritei com meu irmão na rua enquanto ele me chamava de burra, não foi pelo fato de eu realmente ser burro, mas aquela palavra no feminino repetidas vezes entrando na minha cabeça foi me atordoando, foi me deixando com raiva, foi me cutucando na ferida aberta que acabei gritando de uma maneira que pareceu por outro motivo, mas deu certo, ele parou. As vezes fico me perguntando pq eu simplesmente não falo que isso me incomoda, nem para eles e nem para ninguém. Seria muito mais fácil, não é mesmo? Parece que eu gosto do difícil, não é possível uma coisa dessa.

Sabe, é difícil e cansativo viver duas identidades. E ter que ficar se policiando quando vc tem q entrar no personagem e quando vc pode ser vc mesmo e na minha casa, dentro da minha casa, sempre é o personagem. Eu sei que eu posso mudar tudo isso, sei que passou da hora de eu pensar em mim mesmo, mas eu não consigo. As pessoas que eu amo sempre estão vindo em primeiro lugar do que eu mesmo. Por exemplo, minha avó, eu a amo muito, muito mais do que eu aparento, mas meu Deus do céu e Power Ranger da terra ninguém merece! Ela não toma os remédios direito e depois fica passando mal, não se alimenta e tem anemia, ela não faz nada do jeito que deve, é teimosa pra cacete e um fanatismo em religião que ngm merece. E ela simplesmente não sabe resolver os problemas com as pessoas certas, se ela tem um problema comigo ela não vem falar comigo, ela inferniza minha mãe, que por sinal deveria ser atriz dessas novelas mexicanas, pq ela é ótima em dramas extremamente exagerados, um pequeno problema ela age como se fosse o final do mundo, o fim da vida, o apocalipse, não a vejo procurando soluções em vez de ficar choramingando. Eu amo muito minha mãe, mais do que qualquer pessoa no mundo, mas as vezes, ela se torna o ponto fraco da família e minha avó parece saber muito bem disso, ai qualquer coisa que não seja o agrado dela, ela corre pra minha mãe e detona, falando mil e uma merdas e isso me irrita profundamente, pq ela sabe, que se vier me questionar, se vier argumentar, se vier tentar me derrubar, será uma batalha já perdida pq eu vou rebater a cada palavra que ela me direcionar, a cada julgamento, a cada dedo apontado, até pq se ela não faz as coisas direito, se ela não cuida da saúde direito sabendo que o coração já não é mais 100% quem disse que ela pode falar dos outros?
Não pode! Simplesmente não pode!

E ai? Pq eu disse isso?
Ok.
Pq eu tenho deixado minha vida de lado por causa dessas duas.
Na verdade, eu não tenho medo da minha avó ter um piripaque, um treco ou parar no hospital. Pq quem não se cuida como deve, não precisa se preocupar se pode passar mal por causa de outra pessoa, concorda? Não? Sim, é o q eu penso e assino embaixo.

Eu tenho pensando em cada detalhe.
Por exemplo, meu primo Serginho ofereceu para me ajudar com a documentação para trocar o nome e tudo mais, em qualquer outra vida, qualquer outra situação eu teria aceito de imediato. Mas o que fiz? Neguei. Neguei pq não sei se minha mãe reagiria bem a isso e eles são grandes amigos, não quero estragar a amizade deles. Ou seja, ai estou eu novamente, colocando minha vida de lado, por amar demais essas pessoas. Então ele disse que um amigo dele que tbm é advogado poderia fazer isso pra mim e de novo eu recusei, pq lembrei que minhas correspondências chegariam em casa com o nome trocado e minha avó infernizaria minha mãe e tudo viraria uma bola de neve.

Para quem tem meu Facebook, sabe que eu comprei uma toalha do Corinthians, borado com meu nome. Até para esta toalha eu inventei uma história caso minha avó perguntasse para não arrumar mais confusão em casa, pq vc simplesmente chega em uma fase da vida que vc não quer mais fazer tanto barulho como antes. Quer apenas ter sossego e sendo assim se precisar mentir para q isso aconteça, estarei lá mentindo.
A gente acaba que deixando muitas coisas ao lado..

Eis outros exemplos:

Eu sou louco para comprar uma caneca que estão vendendo na internet que nela esta escrito "Eu sou vadia todo dia" apenas pelo simples fato de que achei engraçado, mas minha avó infernizaria ela.

Eu sou louco para comprar aquelas cuecas que tem enchimento, feito especialmente para homens transexuais, mas de novo, lá estaria minha avó infernizando minha mãe e isso tbm aconteceria se eu começasse a terapia de hormônios, se eu comprasse packer e assim por diante.
A única coisa que da para fazer agora, que me daria uma enorme paz é a cirurgia dos peitos, eu poderia pegar um empréstimo com o banco, fazer a cirurgia nas minhas próximas férias e tiraria 2 elefantes das minhas costas que estão sentados e tricotando dia após dia. Mas eu tenho medo de morrer e não é medo de para onde eu vou depois daqui, o que me espera do outro lado, é pelo simples fato de que eu não posso morrer agora e deixar minha mãe nas mãos dessa gentalha q só a maltrata mesmo quando ela não esta fazendo nada. Não posso deixar ela com o meu pai que não esta nem ai para sua esposa, ou com a minha avó que só sabe resolver tudo nos gritos e a irmã dela que só resolve as coisas na porrada. Ah e tem meu irmão tbm que acha que pode com todo mundo, sabe quando simplesmente não da? Ai a gente acaba cancelando todos os nossos planos por aqueles que amamos.

E ai chega um dia que vc cansa. Que por mais q vc tente levantar e começar tudo de novo, a alma esta cansada e já não sabe mais o que fazer pq é horrível ficar vivendo duas identidades. Esse é um dos motivos o qual amo muito meu trabalho, lá todo mundo me respeita, me trata no masculino, lá posso ser eu mesmo.

E vou te dizer amiguinho...
Quando vc tem q viver duas pessoas, acredite, haverá dias em que parece q vc vai pirar pq não aguenta mais as coisas desta maneira e então vc ficará mal como eu fiquei, por três dias.
Estou melhorando já, é aquele famoso altos e baixos, mas acho que no fim é pq to me conformando mesmo ou pelo menos espero que seja isso.
Enfim...
Quem sabe um dia eu ainda encontro a paz.

PD

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Assistindo a minha vida na tela da Globo



Bom, quem assistiu o capitulo de ontem sabe que eu não tenho grandes coisas a dizer.
Foi assim comigo também, fui parar na terapia para entender as coisas.
Na verdade, eu estava alguns passos a frente, eu já sabia quem eu era, eu sei há muito tempo.
A minha agonia era outra, eu implorava por uma resposta:
- Pq eu?

Parece uma simples pergunta não é mesmo?
Mas não havia uma sequer consulta com a terapeuta em que eu não repetia essa mesma pergunta. Pq eu? Pq eu que tenho que ser trans? Pq eu que tenho que passar por toda essa dificuldade? Pq eu q tenho q enfrentar o mundo querendo me matar pq eu não sigo o padrão da sociedade? Pq eu, sendo uma pessoa tão fraca tenho q ter uma missão difícil.

Eu me lembro dela ter falado algumas vezes que eu preciso muito encontrar a paz.
Eu lembro de ter dito que eu só conseguiria encontrar a paz quando alguém conseguisse me responder pq eu. E toda vez ela dizia que não existia um botão em que ela aperta e eu fique bem, um botão que me de todas as respostas que eu quero, que não funciona assim.
Eu questionei ela, como que com anos e anos de experiência ela ainda não sabia responder uma pergunta tão curta, simples e direta. Uma vez insisti tanto que a unica resposta que consegui arrancar dela foi "É a sua natureza". Isso foi suficiente? CLARO QUE NÃO!

Em um dos capítulos a Ivana diz que a analista dela não a entende, não é mesmo?
Igualzinho comigo, me lembro diversas vezes de querer desistir da terapia "ela não me entende, ela não entende nada, estou perdendo o meu tempo." e é tão estranho pq se eu fosse rico, hoje, eu pagaria as consultas particulares dela, pq no fim, ela foi a terapeuta que mais me entendeu ou pelo chegou bem próximo a isso. É assim mesmo tem dias que queremos desistir, queremos deixar pra lá, ligamos aquela velha ideia "um dia passa". Mas a verdade é que não passa, eu, por experiência própria sugiro que por mais difícil que seja, por mais que pareça um puta desperdicio de tempo e dinheiro, continue! Vai por mim, no fim das contas vc mesmo verá que vale apena. Eu por exemplo dei muitos passos a caminho da minha conquista graças a ela. E eu realmente espero que ela esteja bem onde quer que esteja, pois foi uma pessoa muito importante na minha vida e um dia quero encontra-la novamente para lhe dizer isso.

Vocês viram como a personagem Ivana sofreu?
Ela super representou a verdadeira dor do transexual que ainda não chegou "lá".
Houve uma época em que eu evitava olhar no espelho, sério, sem zueira, sempre q eu podia perguntar para alguém como estava o meu cabelo ou se tinha alguma coisa na minha cara só para evitar olhar no espelho eu fazia, qualquer coisa que mostrava meu reflexo eu evitava, cortar o cabelo no salão de frente ao espelho, era com os olhos fechados, por muito tempo evitei me ver, não só o corpo, mas como o rosto tbm. Eu estaria mentindo se eu falasse que hoje estou de boa com o espelho, pq não estou e não sei se um dia eu estarei. Nem imagino, talvez, quem sabe. Ela quebrou o espelho, eu faria o mesmo, mas como os únicos espelhos em casa são os dos banheiros, eu teria que explicar para o pessoal de casa, que não me daria 1 minuto de sossego.

As vezes, nos dias de hoje, ainda me da uns 5 minutos sobre essas coisas.
As piores horas é quando estou tomando banho, vem uma dor no peito, não como um infarto, não não, mas como se alguém tivesse me pegando pelo pescoço e me enforcando, fica difícil respirar, muito difícil, as vezes preciso parar de me lavar e sentar no chão do banheiro e tentar respirar fundo até que esse sufoco passe, embora seja um pecado contra a sustentabilidade, eu deixo o chuveiro ligado para acharem que eu estou apenas demorando no banho como todo mundo faz, para novamente, evitar perguntas que eu não quero responder. É sufocante, eu não consigo respirar, eu não consigo fazer a dor parar, pq não tem como eu enfiar a mão guela abaixo, pegar o coração e jogar no chão e pisar em cima até q ele vire pó. Não existe, de fato, nenhum remédio ou tratamento para a dor que vem de dentro, vc simplesmente não pode fazer nada, pq a dor da alma não pode ser tratada. Eu tomo 3 comprimidos de anti-depressivos por dia e para mim isso é só uma maneira de vc aguentar o dia, chegar até o fim dele sem cometer nenhuma babaquice que não possa ter conserto depois.

Não sei colocar em palavras, é como se algo tivesse te comendo por dentro, sabe?
Apertando seus rins, picando seu figado, quebrando suas costelas, é como se tudo tivesse queimando por dentro, é horrível, eu acho que algumas pessoas que assistiram o capitulo de ontem conseguiram sentir um pouquinho só da dor que sentimos, isso pq foi só um pouquinho, imagina as pessoas como eu que sentem quase todos os dias. É algo que vc não pode controlar, é algo que muitas pessoas confundem com bipolaridade, pq em um minuto vc esta bem no outro vc não esta mais e isso varia muito durante o percorrer do dia e as pessoas que passam por isso não querem falar sobre isso. Pq? Pq as outras pessoas não tentam entender. Elas simplesmente julgam automaticamente, elas não pensam no peso das palavras ditas fora de hora. Mas eu já apanhei tanto nessa vida que estou acostumado com as pessoas machucando, seja intencional ou não. As pessoas tem zuado demais e elas sequer tem noção da guerra inteira que o trans esta passando dentro dele. Se vc que já acha a vida difícil imagina para aqueles que acordam todos os dias em um corpo que não é dele. Em corpo cujo sexo não corresponde ao sexo da alma. É de foder com qualquer um pq é um fato que vc simplesmente não pode mudar!!!


Eu tive amigos que achavam que me forçar ao lado feminino me ajudaria "a ser mulher".
Tive amigos que foram como a prima da Ivana foi e achavam que ajudavam.
Mas gente, sério, não funciona assim.
Desde criança eu sempre gostei de roupas e acessórios masculinos, eu me lembro das diversas vezes que eu ia para as lojas com minha mãe, tia e primos para comprar roupas, eu via coisas que eu amava, mas nunca podia levar pq estava sempre a ouvir "Não, esse não que é de homem, vamos ver roupas daquele lado lá." E eu ficava super chateado, pq eu não queria aquelas roupas de mocinha, eu não era mocinha, eu não sou mocinha.
Nada contra quem gosta, na verdade acho muito bonito, mas não em mim.
Hoje, já tenho um pouco mais de liberdade para comprar roupas, mas eu vou sozinho, sem nenhuma companhia para ser divertido ou para dar uma opinião e quando algumas pessoas oferecem para ir comigo, eu acabo rejeitando, pq sempre acho que elas não estarão a vontade, ao meu lado, escolhendo roupas masculinas, cuecas e etc.
Nossa, eu lembro que eu ODIAVA ganhar roupa de presente, pq era sempre a mesma coisa. Eu botava uma esperança do caralho no presente, rezando para que, de alguma maneira alguém me entendesse e me ajudasse, que ouvisse os meus calados pedidos de socorro, mas ngm ouvia. Era sempre vestidos, saias, camisas colada no corpo, calcinha e sutiã com rendinhas, era sempre a mesma decepção, sempre a mesma vontade de juntar tudo e botar fogo, era sempre o mesmo final, com uma tristeza inevitável no coração e podia passar anos e anos e eu continua ali com a esperança. Hoje já não espero que ngm me surpreenda, hoje aceito as coisas que me dão, espero passar um tempo pela consideração e faço doações para quem precisa, hoje já tenho mais a cabeça no lugar.


É desesperador.
É horrível.
As vezes me pego pensando em pedir um empréstimo ao banco para conseguir fazer a minha cirurgia de retirada de mamas, mas ao mesmo tempo eu fico com um pé atrás, não pela possibilidade de me pegarem para matar, mas na possibilidade de morrer ali na mesa da cirurgia, eu sei que muita gente já fez e já sobreviveu, mas eu tenho esse medo dentro de mim querendo ou não e sinceramente, por mais filha da puta que a vida esteja sendo comigo, eu não quero morrer agora. Quero viver mais, aprender mais, me apaixonar, jogar muito, viver como um todo.

Apesar dessa novela me machucar eu vou continuar assistindo.
Quem sabe vendo de fora (de certa forma) eu consiga entender aquilo que não consigo entender até hoje. E quer saber? Vou te contar um segredo, tbm assisto essa novela na esperança de conseguir encontrar alguma resposta que eu não consegui encontrar nos meus dias. Ah! E assisto também na esperança da minha mãe conseguir entender as coisas. Hoje ela já tem uma visão melhor, uma cabeça melhor, nossas brigas diarias cairam 90% e isso me deixa feliz e tenho a esperança de que um dia minha avó tbm possa entender.

Tenho a esperança de que um dia eu possa chegar lá.
Que eu possa realizar meus sonhos.
Que eu possa ser quem eu sou de verdade.
Sem mentiras.
Sem personagens.
Sem nada.

Viu como a Ivana soca os peitos?
como se isso fosse adiantar alguma coisa?
É como se a dor fisica pudesse nos fazer esquecer a dor da alma, mas não esquecemos não.
Pelo contrario, lembramos mais ainda e o desespero é maior ainda. Essa é a verdade.
Eu não me soquei, mas me machuquei muito.
Queimando cigarro no braço esquerdo, na perna direita, coçando com força até machucar, um punhado de coisas que não da tempo de contar algora pq preciso ir embora pra casa.

Tem muita gente que fala que quando veem a Ivana na novela lembram de mim na hora.
A gente tem muito em comum e apesar de ser só novela, estou na torcida, que pelo menos ela consiga encontrar a paz q eu tanto procuro, que pelo menos ela consiga conquistar seus sonhos que os meus deixei de lado. Eu espero que pelo menos ela tenha coragem o suficiente para seguir em frente.

Enfim...

Obrigado leitores.

E CONTINUEM ASSISTINDO A NOVELA!!
Não para dar ibope para globo, mas para tentarem entender o que eu nunca consegui explicar.

Abraços.

PD.


domingo, 7 de maio de 2017

A transfobia de cada dia

Me perguntaram o que eu acho sobre isso:


E faz uma meia hora que estou olhando para a tela tentando procurar as palavras corretas.
Estamos morrendo.
Estamos morrendo pq não seguimos o padrão da sociedade.
Estamos morrendo pq somos diferentes.
Estamos morrendo pq queremos ser nós mesmo.
Estamos morrendo pq uma sociedade escrota de merda prefere matar do que tentar entender.
Estamos morrendo!!

Daqui a pouco já estaremos em 2020.
O mundo pode ter evoluído na tecnologia.
Encontrado cura para doenças que já não tínhamos mais esperanças.
Encontrado uma solução para o transito infernal.
Talvez até arrumem a situação financeira do Brasil.
Prendam todos os corruptos.
Acabem com a fome mundial.
Encontrem a cura de todos os câncer.
Da AIDS.
Que não exista mais uma doença sem cura.
Talvez parem com todas as guerras.

Mas ainda assim teremos fracassado.
Pq o ser humano não esta nem perto de entender o que é o amor.
Nem perto de experimentar o amor, de entender o que significa.
Sentir o amor.

Teremos fracassado pq não encontraremos a paz.
Sempre haverá um dedo apontado na cara do outro.
Sempre haverá um julgamento.

Teremos fracassado, pq o ser humano ainda não terá aprendido a viver com aqueles que são diferentes. Ainda não terá aprendido o respeito a identidade de gênero, não terá aprendido a opção (embora eu não considero opção porra nenhuma) sexual.

Fracassaremos pq ainda haverá pessoas deprimidas acabando no suicídio.
A transfobia continuará como o racismo continua até hoje,
A homofobia continuará como o preconceito aos mais pobre ainda existe.

O ser humano quer descobrir vida lá fora.
Pra que?
Não conseguem nem viver em paz com os outros seres humanos que são diferentes quem dirá com alguma espécie de vida lá fora?
Ah não ser que estejam planejando a próxima caça.
A próxima matança em massa.
Acabar com tudo que eles não possam manter sob seus controles irracionais.

Engraçado, tem gente que fala que o animal não é racional.
Que o animal não pensa. Não sente. Que o animal é inferior ao ser humano.
Não gente, não é.

Os animais são superiores. Sério, qualquer animal é superior ao ser humano.
Eles não tem maldade no coração.
Eles não tem ódio.
O tempo de vida deles é bem menor que os nossos pq eles já nasceram sabendo aquilo que o ser humano passa uma vida inteirinha e muitos morrem sem ter aprendido: Amor.

Um dia chegará a minha vez, eu sei bem disso, mas não posso mudar o rumo do meu caminho.
Vivi muitos anos dentro de uma personagem que não era eu.
Viver assim cansa, viver assim é triste demais, fere a alma.

Então aos poucos estou dando pequenos passos rumo a minha felicidade.
Pequenos passos para me realizar, me sentir completo.
Acho que não podemos desistir pelo medo de morrer, pq sinceramente, a gente morre de qualquer jeito.

Vou vivendo um dia de cada vez e espero de verdade q eu tenha tempo suficiente para realizar meus sonhos que quem me conhece sabe quais são.
Que eu tenha tempo suficiente para ver o que ainda tem de belo no mundo.
Para conhecer os lugares.
Para conhecer pessoas.
Para amar, namorar e quem sabe casar.
Para ver filmes, jogar, para rir.

Eu sempre disse que a vida é apenas um breve momento.
Mas para quem esta na lista de pessoas que serão mortas apenas por serem o que são, parece ser um breve momento silencioso. Sabe quando passa uma cena chocante no filme ou na novela que tudo fica mudo para vc sentir o drama? Pois é.

Enfim, espero que a família do rapaz consiga seguir em frente.
Que Deus conforte seus corações e dê a cada um deles muita força para levantar.
A morte é a unica coisa que não tem como evitar e nunca mais em toda a nossa vida veremos aquela pessoa novamente. Então aproveite, aproveite enquanto dá.

Pare com as piadinhas transfobicas.
Pare com os sarros tirados pelas costas.
Se vc não compreende e não quer nem tentar, apenas se afaste. Vc sairá perdendo, mas obviamente que isso é problema seu.

Vc tem algum parente transexual? Abrace-o.
Vc tem um amigo ou amiga transexual?
Vc namora uma pessoa transexual?

Nunca deixe para depois para dizer a ele ou ela o quanto vc ama.
Que vc entende.
Que vc o quer ao seu lado.
Que vc quer fazendo parte da sua vida até o fim.
A importancia dele/dela na sua vida.

Pq meu caro leitor, esta aberta a temporada de caça aos transexuais.

PD.



sábado, 6 de maio de 2017

Palavras que matam


Coloque para tocar uma das melhores musicas da Adele: Don't You Remember
Sério, coloque essa musica para tocar enquanto você lê esse texto, a letra da musica não tem nada a ver com o que vou escrever, mas poxa, é uma musica linda demais gente. E tem gente que vai falar "ai q mocinha ouvindo essa musica" ah me poupa, se poupa e nos poupe. Eu escuto o que eu quiser, quando eu quiser e pq eu quiser.

Enfim...Foco!

Bem, eu acho que já falei sobre isso antes aqui no blog. Vou repetir, preciso repetir.
Gente, cuidado com o que vocês falam por ai e para quem vcs falam, ok?
Muitas vezes uma coisa dita na hora ou na maneira errada, pode causar mais estragos que vários tiros no peito até matar a pessoa. Sim, palavras matam tbm e vc sabe disso. Pq finge não lembrar? Pq finge que não sabe?

Bom, eu sou o cara que não quero julgar ninguém.
Não gosto de falar sobre as pessoas, as coisas assim de uma maneira torta.
Bom, tento não julga-las pq eu não sou ngm pra julgar, tento não ser grosso, não falar o que não devo para ngm, não estou tentando ser perfeito, pq ngm é, mas estou tentando me tornar uma pessoa melhor do que fui um dia e não cometer os mesmos erros que cometi um tempo atrás, não é só pq meu passado me condena que não posso fazer um presente melhor para que no futuro esse passado seja melhor do que o anterior.

Tenho escutado muito algumas frases que me jogam no chão mais rápido que um soco e eu sequer tento revidar. Sim, eu sei que eu disse que tenho procurado muito por isso e sim sei que isso é outra forma de automutilação, mas dói mais ainda quando vc não esta provocando a situação, quando ela esta acontecendo naturalmente, sabe?

Eis as frases que mais tenho escutado nos últimos tempos:

Espere! Coloque para tocar: Jason Mraz - I Won't Give Up.

Enfim...Foco novamente!

1. Você não tem um pau e tem seios ou seja você não é mulher.
(Sério que genitália é o que define tudo? Daqui a pouco é 2020 gente...)

2. Você é muito feio, muito gordo, você esta acabado e tão novo...
(Pode até ser verdade mesmo, mas tenho o que muita gente não tem: caráter e eu não troco isso pela melhor beleza que um homem pode ter não)

3. Você nunca vai encontrar alguém que queira ficar com você de verdade, que te ame.
(Existe uma grande chance de isso acontecer, mas pelo menos não estou sendo corno ou não estou com uma pessoa por causa do que ela possui)

4. Não se preocupe com ela. Ela nem gosta de você, esta só jogando com vc.
(Eu não me preocupo com as pessoas se elas querem ter algo comigo ou não, eu me preocupo com as pessoas pelo que elas são, pela pessoa em si. Eu não sou interesseiro, independe se a pessoa esta jogando ou não comigo)

E a melhor de todas, a frase que me levou a escrever sobre isso hoje: Calma, é só uma brincadeirinha.


Freud disse tudo.
Cuidado, palavra machuca, palavra mata.
Mesmo que na sua cabeça seja uma inocente brincadeira, cuidado.
Você não sabe pelo que a pessoa esta passando...
Você não sabe as guerras que ela esta enfrentando, vc não sabe o status de sua alma.
Você não sabe como estão as coisas, vc não sabe se ela esta andando descalço em cacos de vidros. Vc não sabe de nada e por mais amigo ou amiga q vc seja, por mais parente ou próximo da pessoa que vc ache estar, acredite, ela NUNCA irá te contar 100% da história, sempre haverá uma dor, um sofrimento, uma magoa, que ela guardará para si, lá dentro de si mesma, onde ngm pode encontrar, pq acha que essa dor é particular e ngm precisa saber. É aquele machucado na perna que ela tem e vc não sabe e ela cutuca até sangrar todas as noites pouco antes de dormir.

Tem gente que se faz de durão, que vc pode falar a merda q foi q ele não liga.
Mas é mentira, ngm no mundo é 100% forte, pode aparentar, pode fingir, pode atuar, mas não é assim não, nem o cara mais filho da puta do mundo aguenta tudo desse mundo.
Algumas pessoas são sensíveis e não é escolha ser assim, acontece.
Tome cuidado, as vezes, vc esta destruindo um coração que te carrega dentro dele.
Se vc não tem nada de positivo para falar não fale. Escolha o silêncio.
Se falar, admita a verdade, não bote culpa na bebida, não seja covarde.
Lembre-se: Vc não é perfeito, ngm no mundo inteiro é e é preciso aprendermos a vivermos com as diferenças, para crescermos, evoluirmos, sermos pessoas melhoras do que ontem.

Eu já tenho que ficar ouvindo os religiosos falarem sobre o inferno que me espera quando eu morrer. Que não tem nada q eu possa fazer para evitar a minha ida para lá.
Eu já tenho que ver a expressão na cara das pessoas de quem não tem paciência para repetir ou pessoas desistindo de falar cmg só para não ter que repetir sabendo que eu tenho uma grande deficiência auditiva.
Eu já tenho que aturar gordofobia.
Os olhares com pena... como se eu precisasse.
Viver em um corpo que não é meu.
Usar banheiros femininos.
Ser tratado no feminino por muita gente ainda, inclusive, a própria família.
Não ta bom não?
Pq eu ainda tenho que aturar essas frases diariamente?
Sabe o que é pior?

Essas frases vindo de pessoas que eu gosto MUITO e acabo ficando e ouvindo só para ter a presença dela mais um pouquinho.

Só para não ficar sozinho.


sexta-feira, 5 de maio de 2017

#Aforçadoquerer - 04/05/2017


Eu não tenho muito o que dizer sobre o capitulo de ontem.
As vezes até parece que a novela foi feita baseada na minha vida, temos muito em comum, pq minha mãe é exatamente igual a mãe da Ivana, claro que sem a fama que a Joyce tem, uma versão mais pobre digamos assim rs.

Nós passamos por muitos momentos ruins, quem acompanhou minha história na época ou acompanha até agora sabe muito bem a guerra que foi. Ficávamos meses sem nos falar, teve um natal e ano novo que nem passamos juntos. Eu entendo, entendo de verdade, que quando vc esta gravida, vc faz um milhão e meio de sonhos para a criança que esta por vir, a mãe idealiza uma vida inteira e perfeita para seus filhos, eu entendo de verdade como isso dói quando não sai como o planejado, que nem 10% do que a mãe sonhou para o filho esta acontecendo, eu entendo que pode ser uma decepção enorme, um soco no estomago, um chute no rim.
Mas acho que vale pensar tbm que nenhuma, sério, NENHUMA CRIANÇA, escolhe: ah vou contrariar minha mãe por diversão ou ah vou fazer tudo ao contrario para chamar atenção.

Não, não é assim que funciona, porque dói no filho tbm ver que não atende e não consegue atender os sonhos da mãe, que os sonhos e vontade não são os mesmos.
Doi no filho ver a mãe não compreendendo isso, ver a mãe não reconhecendo seu próprio filho, ver a mãe se preocupando mais como o que os outros vão falar do que com a felicidade do próprio filho. Dói ver que os sonhos não podem ser adaptados e os dois serem felizes, em que ser como ela quer.

E dói mais ainda ver que MUITAS PESSOAS ainda não acreditam que ser transexual, homossexual ou seja lá o que for não é uma escolha.

Vou dizer uma coisa pra vc q esta lendo até aqui.
NÃO É UMA ESCOLHA.
Algumas pessoas já se descobrem ainda crianças, algumas outras como eu e a Ivana levamos um pouco mais de tempo para conseguir compreender como um todo o que esta acontecendo.

Nós temos um mundo inteiro para lutar contra e poder conquistar nossos objetivos e sonhos, o seu preconceito não precisa ser um deles.

E tem mais!
Nós temos coração, temos caráter e sentimentos.
Nós somos pessoas do bem apenas querendo viver nossas vidas.
Pq é tão difícil de entender?
Não basta passar uma vida inteira em um corpo que vc não se identifica?
Escutando as pessoas te chamando pelo nome errado?
Vc tendo que entrar em banheiros que não é o seu?
Roupas que não lhe agradam.

Todos os dias ter que representar um personagem pelo simples fato pq a sociedade não se permite conhecer o diferente, o novo, o que foge do padrão.
Talvez vc nunca consiga imaginar como é realmente ser um transexual no país que mais mata transexuais no mundo todo, mas vc pode tirar a sua lista dos mais transfobicos do mundo, guardar seu ódio para aquelas pessoas que matam, roubam, abusam sexualmente de mulheres, crianças e animais, DEIXA SEU ÓDIO PARA DESCONTAR NOS POLÍTICOS QUE ROUBAM SEU DINHEIRO TODOS OS DIAS NA CARA DURA!

Bom, quem me conhece sabe, eu tento ser o cara mais humilde que eu posso ser.
Tenho educação, tenho carinho e um amor enorme por animais.
Tô sempre ajudando em tudo aquilo que posso.

Eu tenho caráter. Eu tenho um bom coração e acima de tudo tenho um Deus incrível na minha vida.

Acho que vale da mente de cada um.

Abraços.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Toalha...Não deveria ser simples?


Toalha.
Um tipo de pano diferente usado para enxugar o corpo quando ele esta molhado, seja de suor, de banho, de chuva ou uma brincadeira de mangueira.

Toalha e suas variadas cores, modelos, panos, bordados, desenhos, etc.
Não deveria ser simples? É simples! Claro que é, muito mais do que qualquer coisa!
Mas na minha cabeça não é.

E eu não sei pq de uns tempos pra cá isso vem me incomodando. Tenho uma toalha que esta bordado o nome que ainda tenho no RG. A outra esta bordado inúmeras florzinhas e uma outra amarela bem escandalosa.

Tem gente que gosta de cores vivas.
Tem gente que gosta de bordados, coisas delicadas e etc.
Tem gente que não liga pra cor e bordados, liga apenas que ela esteja limpa para secar o seu corpo.

E eu? Ah claro que eu vou dificultar né pra que simplificar e seguir em frente numa boa?
As vezes acho que essas coisas não acabam nunca.
Não sei te dizer pq tanta neurose.

Já me tacharam de machista.
Já me falaram de sexismo.
Foram tantas coisas...

Eu acho que ou eu não soube explicar para as pessoas as quais comentei sobre este assunto ou talvez elas não me entenderam como eu gostaria que tivessem feito.

Eu me lembro de quando eu era criança e os parentes vinham no meu aniversário me dar aquelas blusinhas apertadinhas na pele, aquelas saias, aquele monte de roupas com borboleta, florzinhas, rosinhas, essas coisas que eu considero femininas. E eu me lembro até hoje da decepção que crescia dentro de mim para cada presente aberto na esperança de que alguém me enxergasse do jeito que eu era, que o presente fosse de garotos e nunca era.

Eu me lembro quando saia com a família para comprar roupas e eu simplesmente amava aquelas bermudas folgadas, as camisas com desenhos irados, as cuecas, eu gostava de tudo, mas sempre tinha algum adulto (parente) me puxando para a versão feminina, lembro quando eu dizia para a minha mãe que gostei de determinado tênis e eu escutava ela cochichando no meu ouvido para escolher outro pq aquilo era somente para meninos.

Camisa de time era somente para meninos. As coisas que eu achava iradas e queria para mim, era somente para meninos e isso me irritou e me entristeceu por muitos anos. Não gosto nem de lembrar, porque tudo que eu fazia era errado, tudo que eu fazia não podia, meus comportamentos sempre sendo corrigidos pq não eram de meninas.

Hoje, o mundo é outro.
Hoje gênero não tem cor.
Hoje quase que não tem mais esse lance de "isso é só para meninos".
E eu não posso ser criança novamente.
Não posso voltar para a minha infância e viver ela hoje.
Mas eu posso mudar os detalhes que me incomodam, mas pq ngm me entende?

Eu sei que não é legal dizer: vivi muito tempo nesse mundo cor de rosa, sou um homem adulto agora, quero meu mundo todo azul.

Eu sei que são detalhes tão pequenos que pra vc simplesmente não importa.
Eu sei que para vc pode soar babaquice, mas é como eu disse inúmeras vezes em post anteriores, talvez, só entende quem passa pela situação, mas sinceramente, eu não desejo isso a ninguém. Prefiro que as pessoas sigam seus caminhos na maior paz possível.

Pq é muito difícil viver desse jeito.
A sensação que da é que eu preciso justificar cada passo meu.
Cada coisa que vou fazer.

E pior que isso é a sensação de que para cada coisa que eu quero fazer por mim, eu preciso do apoio de alguém e nem sempre existe esse alguém que me compreende de forma absoluta.
Bom, eu não posso culpar ngm, se eu q sou eu não estou conseguindo lidar com tudo isso, se eu q sou eu, não estou entendendo o q esta acontecendo a ponto de conseguir explicar, imagina quem esta de fora, vai entender nada.

E é engraçado pq ao invés de te dar vontade de encontrar outras maneiras para explicar, outro jeito para as pessoas entenderem, vc acaba sentindo vontade de se afastar, se isolar. Não querer ficar perto, mas não é pq vc não ama eles, muito pelo contrário, vc os ama muito mesmo, pra valer, de verdade, mas vc não sente vontade de estar tão por perto, é mais fácil ama-los a distância, assim vc não pode ferir a ngm, vc deixa eles te ferirem, mas vc não da o troco, simplesmente pq não faria qualquer sentido.

Mas eu deixo um agradecimento enorme aqui, aos que tentam, todos os dias, me entender de uma maneira ou de outra. Um forte abraço aos poucos que entendem e tentam m convencer de que esta tudo beem.

Talvez a paz seja dada apenas aos escolhidos.

PD.